Vertente teórica da fenomenologia.

Acerca das correntes de análise que emergiram a partir do movimento de reconceituação do serviço social no Brasil, assinale a opção correta.

  1. A corrente marxista remete o serviço social à consciência de sua inserção na sociedade de classes, na dinâmica das relações sociais, elucidando seu papel no processo de reprodução dessas relações.
  2. A corrente modernizadora caracteriza-se pela incorporação da abordagem marxista no que concerne ao enfrentamento da questão social.
  3. A corrente inspirada na fenomenologia emerge como metodologia estruturalista ao priorizar a análise da sociedade do capital e a correlação de forças entre as classes.
  4. A corrente positivista remete o serviço social à consciência ético-política de transformação social e enfrentamento da pobreza.
  5. A corrente teórica crítico-dialética responde às exigências de modernização da sociedade e do Estado por meio do racionalismo formal-abstrato.

Gabarito e comentário abaixo.
A questão se refere ao movimento de renovação do Serviço Social brasileiro que se inicia nos anos de 1960 no país e fez parte de um momento de questionamento no interior da própria profissão e a partir do qual são originadas três perspectivas. A primeira delas consiste na perspectiva modernizadora, a qual está pautada em pensamentos como o funcionalismo e o positivismo e, portanto, não visa a transformação social mas sim busca modernizar o conservadorismo; a segunda se refere a perspectiva de reatualização do conservadorismo, pautando-se no pensamento fenomenológico, objetivando apenas dar uma nova roupagem ao conservadorismo que já existia nos primórdios da profissão; e a terceira é a intenção de ruptura, cujo amparo está na perspectiva marxista, que inicialmente ocorre de forma problemática por recorrer a obras equivocadas sobre o pensamento de Marx. No entanto, marcará a profissão por o ser o contato inicial com uma matriz que remete o Serviço Social ao questionamento e compreensão da sociedade classista tal como o induz a analisar qual o papel desse profissão no interior da sociedade do capital.

Em  
seu  processo  sócio- histórico,  a  matriz  teórica  positivista,  como  uma  das  expressões  da  razão  moderna,  
passa  a  fazer  parte  do  suporte  teórico metodológico  buscado  pela  profissão  enquanto  necessidade  de  qualificação  técnicocientífica para responder  às  exigências  de  modernização  da  sociedade  e  do  Estado  decorrentes  da  consolidação  do  capitalismo  monopolista  no  Brasil.  Sob esta perspectiva, o conhecimento dos fenômenos sociais é realizado  através  de  um  modelo  “formal-abstrato”,  a   partir  dos  dados  imediatos,  empíricos  e   objetivos,  passíveis  de  classificação  e  de  manipulação,  cuja  síntese  ou  totalização  é  efetuada  pelo  sujeito  do  conhecimento. 

O serviço social nos anos 80 e 90, após o seu processo de renovação, através de  um aporte críticodialético, (re) desenha seu objeto de trabalho, que são as manifestações e expressões da questão social. E nessa abordagem crítico-dialética os
fundamentos teórico-metodológicos do serviço social podem ser explicados, a partir do olhar dos métodos, técnicas e instrumentos utilizados pelo profissional, no exercício diário de sua função, no qual, com um posicionamento direcionado ao projeto ético-politico, este, diante das manifestações e expressões da questão social, o profissional deve decidir qual a melhor forma de aplicá-lo, em um posicionamento retido na práxis profissional.

RESPOSTA: A

CORRIGINDO AS OUTRAS 



b) A corrente modernizadora caracteriza-se pela incorporação da abordagem marxista no que concerne ao enfrentamento da questão social. É A CRÍTICO-DIALÉTICA.

c)A corrente inspirada na fenomenologia emerge como metodologia estruturalista ao priorizar a análise da sociedade do capital e a correlação de forças entre as classes. É A MARXISTA.


d)A corrente positivista remete o serviço social à consciência ético-política de transformação social e enfrentamento da pobreza. É A ÉTICO-POLÍTICA.

e)A corrente teórica crítico-dialética responde às exigências de modernização da sociedade e do Estado por meio do racionalismo formal-abstrato. É A POSITIVISTA.

Voltar ao topo